Estamos Trabalhando Para te Oferecer o Menlor Conteúdo


"Olá minhas flores, nosso blog foi preparado com muito carinho pra você, caso ainda não tenha encontrado o que procura, nos mande sua sugestão para: virtude.app@hotmail.com" (Martinha Reis)

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Dicas Para Conseguir Acordar Cedo



Pular da cama ou dormir mais um pouco? Para muita gente, o dilema é diário. Para o nosso corpo, muitas vezes a segunda opção é a escolhida, mesmo quando nosso cérebro sabe que temos que acordar cedo para trabalhar ou cumprir outras atividades. E quando finalmente o despertador é escutado, muitas pessoas começam o dia sem disposição, só pegando no tranco no fim da manhã ou começo da tarde.

Na maioria das vezes, a dificuldade para acordar bem disposto tem um grande culpado: a privação de sono. "Antes, no começo do século XX, dormíamos cerca de nove horas por noite, hoje a média é menor do que sete horas", compara o pneumologista Geraldo Lorenzi Filho, coordenador da Residência Médica em Medicina do Sono do Incor e médico do Laboratório do Sono do Hospital Santa Cruz, em São Paulo.

Mas é claro que outros fatores também podem influenciar nisso. "Também existem aspectos genéticos, pessoas que têm tendência a acordar e dormir muito tarde ou muito cedo. Só que essa é uma porcentagem muito pequena da população", frisa a pneumologista Sonia Togerio, pesquisadora do Instituto do Sono, da Unifesp, em São Paulo.

De qualquer forma, acordar com dívidas na conta de sono pode ser prejudicial ao rendimento e à saúde. "Isso causa problemas de memória, humor, falta de atenção e, é claro, sonolência", ensina Sônia. Por isso pedimos aos especialistas algumas dicas para tornar essa tarefa muito mais fácil. A seguir, você confere as estratégias para conseguir acordar mais cedo e com o pique em alta. 

Tenha horários constantes

O corpo pode não ser exato, mas ele é regido por um ciclo chamado circadiano, expressão que significa "cerca de um dia". Isso porque o organismo organiza suas funções para que ocorram sempre em 24 horas mais ou menos, obedecendo a duração do dia. Esse é o tal do relógio biológico. Manter uma hora certa para dormir e acordar ajuda a regular um pouco mais esse nosso cronograma interno. "Ficar mexendo no nosso ciclo circadiano o desregula. Ao dormir mais tarde, você atrasa o relógio e volta a não conseguir acordar cedo", esclarece o médico do sono Geraldo Lorenzi. É claro que não é preciso exagerar e ser sempre pontual, mas manter uma rotina faz parte da higiene do sono e ensina o corpo a ter uma frequência.

Use e abuse da luz

 Um dos reguladores do ciclo circadiano é a luz, já que o corpo tem funções diferentes à noite e durante o dia. Portanto, o sol é um excelente indicador para o corpo que está na hora de acordar. "Abrir a janela de manhã como as avós ou seus pais faziam é uma excelente maneira de dizer para o organismo que já é dia", pontua o médico do sono Lorenzi. E em dias nublados, mesmo a luz artificial pode ter esse efeito. "Depende, é claro, de sua intensidade", reitera a pneumologista Sônia Togerio. Em vez de dormir com cortinas ou persianas, que bloqueiam totalmente a passagem da luz matutina, experimente deixar a janela do quarto liberada para a entrada do Sol antes mesmo de ir para a cama.

Relaxe antes de dormir

As vovós também viviam dizendo aos netos para pararem um pouco de brincar na hora de dormir. E, mais uma vez, elas estavam certas! "O mais indicado é não fazer atividades estimulantes, principalmente no caso dos adultos. Trabalhar, por exemplo, excita a mente, ainda mais ficar pensando no que precisa ser feito no dia seguinte", argumenta a pneumologista Sônia. Ver televisão, navegar na internet, jogar videogame, tudo isso entra na lista de proibições. Mas não precisa parar de cumprir tudo isso assim que o sol se por. Basta separar uma hora para relaxar e ficar longe de tudo isso quando estiver próximo de dormir. Nessas horas, um livro ou uma música relaxante são ótimas pedidas. 

Não fique enrolando na cama

"Cama é um lugar para dormir e fazer sexo, mais nada!", sublinha o médico do sono Lorenzi. No máximo, fazer uma leitura, que é algo relaxante. Portanto, ao enrolar na cama, você tira a sensação que lá é um local de sono, o que pode dificultar a chegada do sono à noite. Seu organismo deve reconhecer que a cama é um local de repouso e relaxamento, portanto praticar atividades estimulantes como assistir televisão ou jogar videogame na cama também não são recomendadas. "Para quem tem insônia, por exemplo, ficar muito tempo na cama gera mais ansiedade", lembra a pneumologista Sônia. A melhor forma de dizer para seu corpo que está na hora de acordar, é levantar logo, sem enrolações. Existem despertadores programados inclusive para que a pessoa seja obrigada a levantar, como o que solta três peças de quebra cabeça e só para de tocar quando todas são colocadas de volta ao lugar.

Resista ao botão soneca

Você pode achar que está enganando o despertador, mas é o seu corpo que é feito de bobo ao apertar o botão "soneca" do relógio. "Pode fazer mal, porque se tem um sono fracionado, que é de segunda qualidade, e acaba-se dizendo ao corpo que ele pode dormir assim, o que não é certo", ensina Lorenzi. O ideal é acordar assim que o despertador toca, e não ficar barganhando mais uns minutinhos. 

Tome cuidado com a atividade física

A atividade faz muito bem à saúde, e quando feita logo cedo, colabora para a disposição. "O nosso ciclo cicardiano está muito relacionado à temperatura do corpo, quando ele está frio, temos sono. A atividade física eleva o calor corporal, ajudando a despertar melhor", explica Lorenzi. Por outro lado, fazer exercícios muito perto da hora de dormir tem o mesmo efeito, atrapalhando o sono. "O indicado é sempre fazer exercício três horas antes de dormir", ensina Sônia.

Mantenha o olho vivo no cardápio

Os alimentos também influenciam no sono e sábio foi quem percebeu que o café ajuda a espantar a sonolência. A bebida é rica em cafeína, substância que é estimulante. "Alguns alimentos fontes desse micronutriente devem ser evitados à noite, como café, chá preto, chá verde e chocolate, que são estimulantes", considera Lorenzi. Mas você pode consumi-los pela manhã, a cafeína melhora a memória, por exemplo. Só que o efeito pode não ser imediato. Um estudo feito no Instituto Federal Suíço de Tecnologia, em Zurique, verificou que pessoas que consumiam bebidas com o micronutriente tinham mais atenção e eficiência logo após a ingestão, além de um aumento no metabolismo. Além disso, pesquisas indicam que proteínas pela manhã podem aumentar características como atenção e memória logo cedo. 

Dê mais atenção ao seu corpo

As pessoas têm uma determinação genética também sobre seus horários de dormir e acordar, são os cronotipos, que dividem as pessoas entre matutinos e vespertinos, além dos intermediários. Os primeiros tem uma tendência maior a dormir e acordar cedo, enquanto os últimos despertam e se deitam mais tarde. "A maior parte das pessoas é flexível, pode se habituar a acordar cedo", ensina Lorenzi. Mas saber qual é sua tendência com certeza ajuda a conhecer melhor o próprio corpo. A dica do especialista é aproveitar as férias ou qualquer período sem obrigações de horários e perceber a que horas, sem a privação de sono, o corpo sente necessidade de dormir e acordar, e assim observar como o organismo se comporta. Ou faça o teste e descubra em qual período do dia a sua disposição é maior.

Além disso, existem os curto e longo dormidores, que precisam de menos ou mais tempo para dormir respectivamente. "Isso é muito individual, e pode variar também com a idade", salienta Sônia. Mas, muitas vezes, a dificuldade em acordar cedo está justamente no fato da pessoa precisar dormir um pouco mais que a média. Nesses casos, oito horas não são suficientes e o saldo de sono sempre fica negativo.  

Consulte um especialista

Se mesmo com todas essas dicas, está difícil conseguir acordar cedo e com disposição, talvez esteja na hora de buscar ajuda profissional. "Se isso atrapalha a vida da pessoa é importante orientação, até para tomar medicação, como suplementos de melatonina, hormônio ligado ao sono", acredita Sônia. 

terça-feira, 7 de abril de 2015

Customizando Camisetas

Foto: Reprodução / Art in our blood
Foto: Reprodução / Art in our blood

Quando o assunto é customização de roupas a palavra que logo vêm à mente é exclusividade. Customizar uma peça é realizar alguma intervenção na aparência original da mesma e torná-la em algum aspecto única e personalizada para você.
Além da principal vantagem da customização de gerar roupas exclusivas, um outro benefício é poder reinventar uma peça que não está mais em uso, modernizá-la ou até transformá-la em uma outra peça.
Para isso, existem inúmeras técnicas de customização, desde as mais complexas (que envolvem habilidades de costura) até as mais simples (como apenas dobrar a peça de um jeito diferente), mas com criatividade e paciência é possível unir ideias, combinar materiais e assim criar novas formas de personalizar suas roupas sem muita complicação.
Confira ideias e tutoriais fáceis para customizar suas camisetas e deixá-las com uma cara nova sem sair de casa e sem muito trabalho.

Materiais que você pode usar na customização

Assim como existem diversas formas de customizar suas roupas, existem diferentes tipos de materiais que podem ser utilizados no processo: tachas, botões, paetês, tecidos e muito mais.
Cada técnica tem sua lista de material específica, mas alguns materiais são bastante recorrentes na hora de personalizar peças. Saiba quais são os principais itens para realizar uma customização:
  • Tesoura
  • Tinta e cola para tecido
  • Pincel
  • Lápis
  • Moldes de papel
  • Linha e agulha

5 ideias de customização de camisetas

A variedade de técnicas de customização é enorme, portanto é uma prática que pode ser adotada por mulheres de diferentes estilos e idades. Confira algumas opções para customizar suas camiseta e escolha a que mais combina com você para testar em casa.

1. Decotes nas costas


Foto: Reprodução / Effies make up box / Hapatime / Eyes of a couturier
Uma ótima maneira de renovar a aparências de suas camisetas é transformá-las em outros modelos de blusa. Aqui, a ideia é realizar algum recorte na parte de trás da camiseta. Para isso você vai precisar apenas da camiseta a ser customizada e uma tesoura (caso queira realizar marcações para o corte, use um lápis).
Algumas opções de decotes nas costas: recortar uma cava profunda e oval, imitando o decote de um body, fazer um recorte formando uma abertura na parte inferior da blusa ou ainda criar algum desenho com os recortes (corações, caveiras, cruzes).

2. Franjas


Foto: Reprodução / Art in our blood / Its Camille Co / Amy valentine
Ainda seguindo a linha simples de customização “camiseta+tesoura”, é possível modernizar a peça criando franjas em suas extremidades (mangas e barra). Existem as franjas simples, franjas trançadas, mais elaborada e uma ótima opção para customizar abadás ou produzir top croppeds e as “franjas presas” nas costas ou na lateral que criam uma transparência interessante.

3. Cavas e outras opções de corte


Foto: Reprodução / Onça de tule / Born to bother you / Flattery
Há ainda outros tipos de cortes que podem ser feitos para modernizar uma peça: recortes na gola e na lateral (deixando a blusa mais cavada), a interferência nas mangas (rasgos, desfiados e a famosa manga dobradinha) e o recorte para criar uma amarração na camiseta.

4. Aplicações

Foto: Reprodução / Marina Casemiro / Fashion Coolture / She wears fashion
Foto: Reprodução / Marina Casemiro / Fashion Coolture / She wears fashion
Uma alternativa barata e super estilosa para personalizar camisetas é fazer aplicações com tachas, spikes, correntes, paetê e pedrarias. É fácil encontrar esses itens em lojas de aviamentos e pedraria. Os efeitos visuais dependem do tipo e da quantidade de aplicações.
Os spikes e as tachas trazem um toque de agressividade ao look, ficam bem aplicados na gola, sobre os ombros e nas mangas da blusa, assim como as correntes. Já o paetê e as pedrarias formam look mais glamourosos. Podem ser aplicados nos mesmos locais que as demais aplicações ou contornar toda a peça. Além disso, todos os tipos de aplicações também podem formar desenhos e texturas no centro da camiseta.

5. Estampas

Foto: Reprodução / Hapatime / Le happy  / Olena loves
Foto: Reprodução / Hapatime / Le happy Olena loves
Foto: Reprodução / Art in our blood / Its Camille Co / Amy valentine
Foto: Reprodução / Onça de tule / Born to bother you / Flattery
Foto: Reprodução / Effies make up box /  Hapatime / Eyes of a couturier
A forma mais comum e simples de customização é a estampa. É possível criar e recriar inúmeros desenhos e utilizar diferentes técnicas de pintura, ou seja, a personalização por meio da estampa se desdobra em várias técnicas de pintura.
Uma das formas mais fáceis de estampar sua camiseta é criando um molde com papel e pintando através dele. Ele pode ser vazado e a estampa ser gerada pela definição das formas ou ser inteiro e o desenho ser formado apenas pelo contorno do molde. Os dois efeitos são bastante diferentes, mas tem em comum a facilidade de atingir bons resultados com a customização. Pode ser feita com desenhos ou frases.
Existem também estampas específicas, como o tie-dye (muito ligado a cultura hippie), dip-dye, animal print, galaxy, étnica, floral e muitas outras. As técnicas de produção de tais estampas são diferentes, mas, em geral, não são difíceis de serem reproduzidas.
O tie-dye significa amarrar e tingir, a técnica consiste basicamente nesses passos e combina cores distintas. Já a estampa dip-dye forma o efeito degradê nas peças e geralmente é realizada com cores de um mesmo tom. Algumas estampas reproduzem os efeitos visuais de algum elemento ou estilo com é o caso da animal print, da galaxy, a floral e a étnica.
Independe do tipo de estampa é preciso lembrar que uma camiseta estampada compõe looks mais informais e descontraídos, pois normalmente são peças coloridas. Para deixar o visual equilibrado combine a peça estampada com peças neutras.

Vídeos: tutoriais de camisetas personalizadas

Confira seis tutoriais ensinando customizações rápidas e fáceis para você testar em casa e dar uma cara nova para as suas camisetas.

Mini-estampas

Camiseta com franjas

Transformando camiseta em blusinha

Tie-dye

Camiseta cavada

Estampa de galáxia


Solte sua imaginação e crie roupas personalizadas que combinam com seu estilo!
Fonte: Blog Dicas de Mulheres

Enem 2015



Inscrições do Enem 2015 começam em maio: Em 1998 o Governo Federal e o Ministério da Educação buscando uma forma de avaliar o nível de aprendizado dos estudantes que estavam no último ano do ensino médio e com isso apresentar melhorias no ensino fundamental do país, criaram o Exame Nacional do Ensino Médio – Enem. Já em 2009, a participação no Enem passou a ser o principal critério exigido para a participação em Programas do Governo Federal voltados para o ingresso no ensino superior brasileiro, o que aumentou significativamente o número de inscrições de candidatos interessados em participar do Exame, tornando o Enem o segundo maior teste de conhecimentos do mundo, perdendo apenas para o vestibular da China.
As inscrições para participar das provas do Enem 2015 serão abertas no mês de maio. Para se inscrever o candidato tem apenas que acessar o site disponibilizado pelo MEC e informar todos os dados solicitados. Espera-se que está seja a maior edição já realizada, com um número recorde de candidatos inscritos.

Saiba como realizar sua inscrição para o Enem 2015

Como são avaliados os candidatos que se inscrevem para o Enem 2015? Os candidatos que realizarem a inscrição para o Enem 2015 serão avaliados com provas que abordam todas as matérias que fazem parte da grade curricular o ensino médio. Ao todo serão 180 questões divididas em 4 provas. Os temas das provas do Enem 2015 são:
  • Matemática e suas tecnologias;
  • Linguagens, códigos e suas tecnologias;
  • Ciências humanas e suas tecnologias;
  • Ciências da natureza e suas tecnologias.
Como em edições anteriores, os candidatos que se inscreverem para o Enem 2015 terão que realizar uma prova de redação. A redação deve ser dissertativa e os temas propostos geralmente abordam assuntos relacionados a acontecimentos da atualidade. Esta avaliação tem um peso fundamental na composição final da nota dos candidatos que participarem do Enem 2015.

Quem se inscrever para o Enem 2015 deve realizar uma boa preparação

Inscrições Enem 2015
Como sabemos, o Enem é o teste de conhecimentos mais concorridos do país e um dos mais importantes do mundo. Por este motivo os candidatos que se inscreverem para o Enem 2015 devem estar cientes de que para ter sucesso em uma prova tão concorrida é necessário que se realize com antecedência uma boa preparação.
Uma boa preparação requer horas de estudos e dedicação, além de um material de estudos que seja direcionado para o objetivo, que é obter uma boa classificação no Enem 2015.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

O Que é Páscoa?

Assista esse Lindo Vídeo e Entenda o Verdadeiro Sentido da Páscoa






Visite também

Visite também
www.formigatomica.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...